Rodas de alumínio para caminhões: o que você precisa saber

0
32

As rodas de alumínio são extremamente populares nos Estados Unidos e na Europa, já que elas podem ter um desempenho vantajoso para o motorista. Mas no Brasil elas dividem as ruas com as mais populares, que são feitas de aço. Você sabe por quê?

Esse fator se deve principalmente ao preço, que é mais elevado e muitas vezes desencoraja caminhoneiros e transportadoras. Apesar disso, o alumínio pode corresponder ao investimento de forma rápida e se tornar uma ótima opção.

Pensando nisso, resolvemos separar algumas das dúvidas mais comuns sobre essas rodas de alumínio no caminhão. Veja se elas podem ser úteis para o seu caso e entenda os diferenciais desse produto relativamente novo no país.

1. As rodas de alumínio duram mais do que as de aço?

Verdade. As rodas de alumínio possuem uma resistência superior se forem comparadas as de aço. Uma pesquisa realizada pela Japan Light Alloy Wheels Standard (JWL-T) revela que, em um impacto com veículos pesados acima de 50km/h, as rodas de alumínio possuem menos avarias do que as de metal pesado.

Outro teste realizado pela mesma empresa concluiu que para deformar cinco centímetros de uma roda de alumínio é necessário cinco vezes mais força do que uma de aço. Ou seja, a primeira é muito mais resistente e durável do que a segunda.

2. As rodas de alumínio são mais leves?

Sim, e a diferença é considerável! Para você ter ideia, as rodas de alumínio são, em média, 30 ou 35% mais leves do que as tradicionais de aço. Mas essa informação é realmente importante para o desempenho do caminhão de forma geral?

A redução no peso pode implicar até mesmo em um lucro maior. Uma pesquisa do Departamento de Infraestrutura de Transporte (DNIT) concluiu que 77% dos caminhões que trafegam pelas estradas brasileiras estão acima do peso.

Dessa forma, o investimento em rodas de alumínio pode significar uma carga útil maior, o que por sua vez proporciona um lucro ainda mais positivo.

3. As rodas de alumínio podem fazer o caminhão economizar combustível?

Como isso pode ser possível? Pode até soar estranho ouvir isso, mas a verdade é que a troca das rodas de um caminhão por outras mais leves podem até mesmo poupar o combustível do veículo.

Uma redução de uma tonelada no peso total do caminhão na linha dos eixos pode provocar uma economia de 1.500 litros de diesel a cada 100 mil quilômetros rodados por veículos com nove eixos.

Mas e o preço de tudo isso?

Não adianta de nada uma novidade positiva se ela for totalmente inviável, não é mesmo? Apesar disso, diante de todas as vantagens citadas acima pode ser vantajoso optar pelas rodas de alumínio.

Esses produtos, mais leves e resistentes, custam no mercado brasileiro o dobro das rodas tradicionais de aço. Em um primeiro momento, o valor pode parecer caro, mas diante de tantas vantagens e benefícios o retorno costuma vir em um tempo razoável.

Mas afinal, vale a pena?

As rodas de alumínio são recicláveis e podem proporcionar um cuidado muito melhor com o caminhão. Isso significa que com elas o caminhoneiro possui uma economia de pneus e do sistema de freios, além de uma melhor dirigibilidade.

Com tudo isso, cabe ao próprio motorista ou sua transportadora decidir se vale a pena esse investimento. As rodas de alumínio para caminhões estão se tornando mais populares no Brasil e a adequação a isso como um todo é apenas questão de tempo. Qual a sua opinião sobre o assunto? Vale a pena trocar agora ou é melhor esperar um pouco mais?

Leave a reply