Relembre o nostálgico caminhão 710 da Mercedes-Benz

0
668
caminhao-710

Neste ano, a Revista Caminhoneiro completa 35 anos de atividade. Por isso, a cada mês do ano, relembraremos alguns modelos de caminhões que marcaram épocas e foram importantes em nossa história. Esse é o caso do inesquecível caminhão 710, da Mercedes-Benz.

O Mercedes-Benz 710 marcou época e, aqui no Brasil, foi um verdadeiro destaque durante toda a sua história no segmento dos caminhões. Por isso, decidimos relembrar um pouco de seu sucesso e suas características técnicas, que mostram como esse caminhão leve foi um verdadeiro gigante.

Sucesso do Mercedes 710

O caminhão leve 710 foi um dos mais vendidos da história da Mercedes-Benz do Brasil. Entre 1996 e 2015, foram comercializadas cerca de 92.341 unidades. Desses, 78.350 para o mercado interno (até 2011 – Euro 3) e 13.991 para exportação, sendo Argentina, Venezuela e Chile os maiores compradores.

Esses números foram o suficiente fazer a linha ganhar diversas vezes a honraria de ser o “Caminhão Leve do Ano” no Prêmio Lótus, o mais importante entre a indústria brasileira de veículos comerciais.

O Mercedes 710 consolidou uma história de pioneirismo e liderança da marca no país. Esse modelo foi o sucessor de maior sucesso do consagrado “Mercedinho”, o L 608 D, lançado em 1972 e marcante por ser o primeiro caminhão leve movido à diesel do Brasil.

Mudança de comportamento do MB 710

O 608 D marcou a entrada da Mercedes-Benz na categoria de leves e o 709/710 foi a evolução deste modelo, marcando ainda mais a marca no segmento de caminhões leves no Brasil.

A empresa levou para esse novo segmento a reconhecida imagem de força, robustez, resistência e durabilidade dos caminhões da marca, consagrada, na época, em veículos médios e semipesados.

A esses atributos, o MB 710 juntou agilidade no trânsito da cidade e nas curtas distâncias, bem como versatilidade de uso. Por isso, tornou-se um caminhão para todos os perfis de clientes, tanto para o frotista, quanto para o autônomo.

Ficha com características técnicas do Mercedinho 710

Confira os principais dados e informações sobre o Mercedes 710 e veja porque ele foi uma febre no Brasil e no exterior:

Motor OM 364 LA;
Motor mecânico, 4 cilindros verticais em linha, turbocooler (Proconve P5);
Potência: 109cv @ 2600 rpm;
Torque: 380Nm @ entre 1350 e 1550rpm;
Distância entre eixos: 3.700/4.250 mm;
Comprimento total: 5.890/6.440 mm;
Largura: 2.194mm;
Altura: 2.416mm (descarregado);
PBT: 6.700kg;
PBTC: 9.100kg;
Carga útil máxima: 3.980kg;
Freios a disco (dianteira) e a tambor (traseira),
Freio-motor.

Gostou deste episódio de nossa série que conta um pouco sobre alguns dos caminhões que foram marcantes na história do Brasil? O caminhão 710 da Mercedes-Benz é, realmente, um deles. Fique ligado aqui no site da Revista Caminhoneiro para ver os próximos sucessos do mercado!

Leave a reply