Homenagem dia do motorista

0
6639

A revista Caminhoneiro em parceria com a Scania preparou uma bonita homenagem para o caminhoneiro Sidney no dia do motorista, representando todos os caminhoneiros do Brasil.


A Scania Brasil, por intermédio da família de Sidney Castro de Souza, faz uma homenagem a todos esses profissionais do volante que se dedicam a transportar boa parte da riqueza do País.

r caminhoneiro ou seus familiares não é nada fácil. Como os esposos e namorados passam grande parte do tempo nas estradas, as mulheres são responsáveis por cuidar do orçamento doméstico, acompanhar e orientar a educação dos filhos e, muitas vezes, precisam tomar decisões sobre vários assuntos que, em outras ocasiões, estariam a cargo do casal.

As famílias dos caminhoneiros vivem também em tensão constante por causa dos perigos das estradas. A notícia de um acidente ou roubo de carga e a falta de contato um dia bastam para mexer com os nervos de seus familiares. O dia de trabalho do caminhoneiro começa bem cedo, geralmente de madrugada, sempre correndo contra o tempo, porque os fretes têm dia e hora marcados e qualquer atraso acaba em prejuízo. 

A família do caminhoneiro Sidney Castro de Souza, 51 anos e 21 de estrada já está acostumada com essa rotina. Edite da C. Braga de Souza, esposa de Sidney, lembra que ele tem duas paixões: a sua família e a profissão, especialmente, quando está dentro de um caminhão Scania. 

“A paixão pelo caminhão herdou de seu pai Mateus Castro Souza. Meu marido é feliz dentro do Scania R440, ano 2014, onde transporta produtos químicos, pelo Brasil afora”, afirma Edite que é casada 

“Orgulho de você e da sua profissão tão importante para o nosso País”

há mais de 20 anos. Dessa bonita união nasceram Pedro Henrique, de 10 anos de idade e Maria Eduarda de 13 anos.

Outra pérola de Sidney é a filha Hila Cristina, de 23 anos de idade, que reside em Connecticut, nos EUA. “Pai, hoje eu entendo aquela saudade quando se está longe de casa. Não é fácil sair sem saber quando vai voltar. Ser filha de caminhoneiro é estar sempre orando para Deus cuidar. Estar longe, mas estar pensando na família que te espera. Orgulho de você e da sua profissão tão importante para o nosso País e para o mundo. É com essa garra que você me ensinou que eu vou pela minha estrada da vida, sempre com você no meu coração. Te amo!”

A jovem Maria Eduarda adora o seu papai caminhoneiro e envia uma mensagem em homenagem ao Dia do Motorista: “Tenho muito orgulho deste pai caminhoneiro que amo muito e quero dar muito orgulho a ele. Sempre peço para que São Cristóvão, padroeiro dos motoristas, lhe proteja e que as coisas ruins se afastem de você e de todos os profissionais do volante”. 

Outro que se inspira em Sidney é o jovem Pedro Henrique que também manda uma mensagem: “Gostaria que estivesse todos os dias comigo em casa, mas quero ser igual a você quando crescer. Tenho muito orgulho da sua profissão. Te amo muito.” 

“Quero ser caminhoneiro,igual a você quando crescer”

Edite de Souza enfatiza que não é fácil ser esposa de caminhoneiro. “Muito raramente consigo acompanhá-lo em uma viagem. Quando isso acontece, eu vou até Belo Horizonte, MG, visitar a minha mãe Josefa. No entanto, nas poucas vezes que viajei com Sidney percebi as dificuldades que os caminhoneiros brasileiros enfrentam: Uma das maiores dificuldades dos caminhoneiros é a falta de postos de suporte nas estradas, vias ruins, falta de segurança, entre outros riscos. Até Sidney já foi vítima de assalto. Ficou refém algumas horas, mas acabou tudo bem”, lembra a agonia que passou nesses momentos.

Por outro lado, em relação ao veículo, a família de Sidney fica tranquila. “Para enfrentar as estradas nacionais é preciso um bom caminhão. O Scania é muito seguro, com tecnologias que ajudam o motorista nas estradas. Sei que a Scania é atenta com a sustentabilidade do planeta e tem também no seu DNA a segurança dos ocupantes do veículo”, diz Edite mostrando que conhece bem o assunto e sonha que seu marido dirija um Scania da Nova Geração.   

Ela lembra que quando está muitos dias na estrada, Sidney envia mensagens falando da saudade que sente deles. “Ele é muito amoroso e ligado aos filhos Hila, Pedro Henrique e Maria Eduarda. Mesmo quando está longe quer saber de tudo o que acontece conosco. “Saiba, Sidney, que te amamos demais e que São Cristóvão sempre esteja com você para que retorne seguro. Meu amor nós sentimos muito a sua falta todos os dias em casa, mas também respeitamos e entendemos que essa e a sua paixão e não disputaria com ela porque com certeza perderíamos…rss. Independente de qualquer coisa e do tempo, o nosso amor só aumenta a cada dia…te amo muito meu amor caminhoneiro”, finaliza Edite com lágrimas nos olhos

Acesse o link e saiba mais sobre Scania: https://bit.ly/2GF9wVF

Leave a reply