Dasqui Pereira Pontes é o proprietário de um caminhão que participou de um famoso seriado de TV.

Carga Pesada foi o título de uma série de televisão da rede Globo que contava as aventuras de uma dupla de caminhoneiros na estrada, Pedro e Bino, interpretada por Antônio Fagundes e Stênio Garcia. A série foi exibida originalmente entre 1979 e 1981 e ganhou milhares de fãs que continuam admirando as aventuras dos dois caminhoneiros até hoje. Dsqui Pereira Pontes, 40 anos de idade, residente em Cachoeirinha, RS, é um deles e afirma ter em suas mãos o Scania LK 141 que circulava pelo Brasil afora nas aventuras de Pedro e Bino.

“Depois de muito trabalho e empenho, consegui comprar o Scania LK, conhecido como ”a Lenda”, que foi do seriado Carga Pesada”, afirma.

“Eu considero o caminhão mais admirado e procurado do Brasil, por tudo que representou para os caminhoneiros, mostrando as dificuldades nas estradas”, comenta.

Ele relembra que depois do fim do seriado, o veículo foi vendido à transportadora rodoviário Michelon, de São Marcos, RS, em 1985, e permaneceu até 1991, onde fazia a rota Brasil/Argentina. Em 1991, foi vendido para um motorista, que ficou com ele até o caminhão ser apreendido no Rio de Janeiro, onde foi encontrado um ”clone” do caminhão. Ele ficou por cinco anos retido no 17º DP, onde após uma definição da própria montadora, foi avaliado como sendo o original”, diz Pontes.

IMG_20151028_094833

Mais tarde o veículo foi vendido. “Como era fã do seriado entrei em contato com os dois motoristas dele na Michelon, Juca Schiavão, o ”serração” e o Jarbas Rodrigues, de Lages, SC. Minha procura demorou exatos sete anos, até encontrá-lo abandonado na frente de uma casa, em São Paulo”, lembra Pontes. “Procurei o proprietário, fiz uma, oferta e consegui adquirir o Scania, modelo LK 141, ano de fabricação 1979”. Pontes explica que atualmente, o caminhão está passando por uma restauração completa, algo difícil em questão de peças de reposição. “Restaurar um caminhão antigo requer bastante dedicação e capacidade de investir tempo e dinheiro no projeto. A restauração exige que o veículo seja completamente desmontado, para que cada elemento receba o tempo e atenção merecidos para ficar com aparência de novo”, afirma.

Ele gosta da história do seu caminhão e de toda a força que ela representa. “Já me ofereceram como troca um caminhão zero km, até vendo, mas depois de tirar uma foto com Pedro e Bino, aliás, o meu outro sonho”, finaliza Dsqui Pereira Pontes.

DADOS TÉCNICOS

MODELO: SCANIA LK 141 V8

COR: LARANJA

FABRICAÇÃO/MODELO: 1979/1979

POTÊNCIA: 375 CV, 151 MKGF

CAIXA DE CÂMBIO: GR 860 – 10 MARCHAS

PNEUS: ARO 22 11.00

Fique por dentro de todas as novidades da Revista Caminhoneiro!

 


Leave a reply